5 Farinhas que Emagrecem

Algumas farinhas auxiliam no processo de emagrecimento, e têm se tornado cada vez mais populares, por serem práticas e muitas vezes fáceis de serem encontradas. Ricas em fibras, vitaminas e minerais, eliminam peso de forma saudável, sem comprometer a saúde do organismo.

Leia também: Farinha seca barriga Anvisa

Saciam a fome e ainda equilibram o metabolismo, reduzindo assim a absorção de açúcar e gordura pelo organismo. Regulam o apetite, atrasando o esvaziamento gástrico: ou seja, a fome demora mais a aparecer e ainda de quebra, as farinhas fazem uma verdadeira “limpeza” no organismo, eliminando toxinas.

As fibras contidas nas farinhas aumentam a absorção das vitaminas e dos minerais, melhorando o funcionamento do organismo como um todo, favorecendo a perda de peso. Mas o resultado só aparece se você consumir de forma continuada. É também importante beber bastante água para facilitar a ação das fibras.

Como consumir a farinha?
A farinha pode ser acrescentada em sucos, iogurte, frutas, sopas e até na própria comida. O recomendado é que se consuma 2 colheres de sopa da farinha por dia.

Leia também: Phytophen Anvisa

Outra recomendação é alternar entre as farinhas, escolhendo dois ou três tipos. Assim, você garantirá nutrientes diferentes ao organismo. Na hora da compra, evite farinhas sem identificação do produto, ou se o armazenamento estiver inadequado, pois alguns tipos de farinha podem se oxidar e tornarem-se inadequadas para o consumo.

E quais farinhas ajudam no emagrecimento?
São várias as opções de farinhas que podem ser usadas por quem quer perder peso. Para ajudar na escolha, fiz uma seleção com 5 farinhas para emagrecer. Saiba mais sobre as suas propriedades:

Farinha de Maracujá

Em geral, as fibras ajudam a promover a sensação de saciedade. Porém, a fibra contida na farinha de maracujá é especial: é a pectina, uma fibra do tipo insolúvel. Sua propriedade mais importante é de absorver líquido e então se tornar um gel, capaz de reter por mais tempo o bolo alimentar no estômago e intestino, tornando a absorção dos nutrientes mais lenta. O resultado é a sensação de saciedade por mais tempo, evitando a fome e um maior consumo calórico.

Farinha de Berinjela

É rica em fibras, que, assim como na farinha de maracujá, ajudam a regular o funcionamento do intestino e também dão a sensação de saciedade e resultam em menos fome por mais tempo.

A berinjela é rica em vitaminas A, C e no complexo B, que colaboram para melhorar visão e as defesas do corpo. Além disso, é um legume rico em água, que apresenta pouca gordura. Na casca da berinjela estão substâncias que ajudam a prevenir o câncer. A farinha de berinjela tem até dez vezes mais fibras que a berinjela in natura, por isso é tão eficiente na redução da fome.

Farinha de Banana Verde

O forte dessa farinha é o amido resistente. Ele reduz a carga glicêmica da refeição evitando os picos de açúcar no sangue e o aumento da produção de insulina – hormônio que, em excesso, faz o organismo estocar gordura. Este amido também ajuda o intestino funcionar melhor, facilitando a perda de peso.

A farinha da banana verde tem sabor neutro e pode ser utilizada em diversas preparações, inclusive substituindo a farinha de trigo.

Farinha de Feijão Branco

O feijão branco é rico em Faseolamina A, uma proteína que inibe a digestão dos carboidratos e que diminui a absorção de açúcares pelo nosso organismo. Sendo assim, torna-se uma grande aliada no emagrecimento.

O consumo da farinha de feijão branco reduz em até 20% o índice de carboidratos absorvidos durante as refeições. Na prática, é como se você tivesse consumido uma porção menor. Sua grande quantidade de fibra faz aumentar a velocidade do trânsito intestinal e acelerando o metabolismo e auxiliando o processo de emagrecimento.

Farinha de Linhaça

Na forma de farinha, a linhaça se mostrou ainda mais eficiente para afinar a cintura. Isso porque o ômega 3, guardado dentro da semente, fica mais acessível e deixa as células menos inflamadas.

Essa gordura boa ainda interfere na leptina – hormônio que controla o apetite. Triture a semente em casa para preservar o ômega 3. Outra opção é comprar a farinha estabilizada, mas, ainda assim, armazene-a num pote escuro e na geladeira.

Atenção: é importante lembrar que o uso de todas essas farinhas no emagrecimento atuam como coadjuvante, ou seja é necessário também ter uma alimentação saudável além da prática de exercícios físicos.

Onde encontrar?
A maior parte das farinhas você pode fazer em casa, mas se você não tiver tempo, as farinhas são encontradas em casas de produtos naturais. Na Natue, você encontra algumas delas

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *